You are here
Home > Posts tagged "Márcio Sno"

Luiz respeita Januário

Yo Soy Tu Padre – x Mosqueda Por Márcio Sno Numa das escapadas dos “rolês de turista” em Buenos Aires, fui até a loja Punc que proporciona o encontro com publicações de dezenas de artistas independentes (inclusive brasileiros). No meio de caixas e caixas de zines, achei três edições do Yo Soy

A Guerra de Macanudos

“Mi Proprio Macanudismo” – André Valente [Bebel Books, 2017] Por Márcio Sno Liniers é o mais badalado cartunista argentino da atualidade. Criou diversos personagens que geralmente são lançados em tiras e compilados em uma publicação chamada Macanudo. São figuras marcantes como Enriqueta e seu gato Felini, o amigo imaginário Olga, a azeitona

Mundo Pequenino

por Márcio Sno www.vimeo.com/marciosno   Pra quem acompanha meu trabalho, sabe que estou sempre investindo em publicações de pequeno porte e, obviamente, esses formatos me chamam mais a atenção. Então, resolvi reunir os zines pequeninos que caíram nas minhas mãos nos últimos tempo e falar a respeito. A Choque Cultural é uma galeria sediada

Sobre Cavalos e Gatos

“Carrossel: O difícil livro das escolhas” e “Por que o gato...” – Ale Kalko [janeiro de 2016] Por Márcio Sno www.vimeo.com/marciosno Um dos objetivos da minha ida à Feira Plana desse ano foi para conhecer zines de formatos diferenciados. Esse foi o motivo que me puxou para a mesa de Ale Kalko. Outra coisa

No Future: a alma selvagem do punk

No Future - Ana Francotti (março de 2017) Por Márcio Sno O punk surgiu no final da década de 1970, praticamente ao mesmo tempo nos Estados Unidos e Inglaterra. Com seu visual agressivo, forma própria de pensar, agir e produzir, repudiava a doutrinação e o que era imposto pelo status quo. Logo, difíceis de

A Guerra dos Ratos

Contrariando todas as estatísticas do hardcore dos anos 90, o Mukeka di Rato é a banda que mais tempo continua tocando e gravando disco entre as bandas daquela época. Quatro anos após lançar o disco Atletas de Fristo, a banda que leva o nome de Vila Velha para o mundo lança seu décimo

A volta dos que não foram

Hoje em dia qualquer adolescente pode montar sua banda, gravar seu som, clipe e espalhar pelo mundo afora. Há vinte anos, o cenário era o mesmo, porém, tudo era mais lento, caro e difícil. E foi nessa época que Andre? Nisgoski (guitarra, vocal), Carlos “Piu” Schner (baixo) e Fred Duba

Viva La Brasa – Adolfo Sá

QUEIMANDO TUDO ATÉ A ÚLTIMA PONTA Rock, artes plásticas, surf, festas, shows, motocicleta, maconha, quadrinhos… Esses são alguns dos muitos assuntos abordados no primeiro livro de Adolfo Sá. No “Vila la Brasa”, o autor compila alguns dos muitos textos publicados em seu blog homônimo, que é uma espécie de continuação do

Rock n’ roll …and rapadura for all!!

Adelvan. Escarro Napalm. ETC. Quem viveu no underground dos anos 90, com certeza já ouviu um desses nomes. Pode até nem saber do que se tratava, mas sabia que existiam. Os três estão intimamente ligados. Ou são a mesma coisa. Ou os dois. Sim, tudo isso junto. Adelvan foi editor do

Confronto, sem parar!

Algumas pessoas já me falavam que o show do Confronto era uma coisa memorável. Tive que esperar a banda voltar da Europa para ver isso de perto. Viajei 2h30 do extremo sul ao extremo leste da capital paulista e pude encher meus olhos com um show nervoso, realizado no Luar Rock Bar,

Top